Tudo começou como uma brincadeira.

             Em 1987, onde o cenário do rock era a grande atmosfera da música no RS, época onde nasceu meu interesse por sonorizar festas, ainda com fitas K7 e Long Play's, agitava as noites da Capital (na companhia de Rush César & Produções) e da Serra Gaúcha.

            Já em 1990, fiz parte da banda Tom Brasil (MPB e POP Nacional) como guitarrista ao lado do Band líder e intérprete premiado Betinho Silva.

            Em 2000, fazendo um curso de inglês em Gravataí-RS, exatamente no final deste ano a escola organizou uma festa para integrar os alunos de todos os turnos. Uns responsáveis pela decoração, outros com os coquetéis, até o impasse quanto a quem iria colocar o som. Certo que não contive a vontade de brincar mais uma vez, e na hora assumi a responsabilidade.

            Meu apelido Pankeka foi dado na própria escola pelo meu professor, amigo e mentor Kaddu Xavier. Por tropeçar muito, cair, derrubar coisas entre outras trapalhadas rotineiras, Kaddu dizia: "só podia ser o Pancake" (em inglês). Durante a festa coloquei uma peruca Black Power, um óculos Rayban e coloquei todos pra sacudir e se divertir. Resultado? Surge então Dj Pankeka... Que até hoje prima pela diversão e alegria juntamente com  a elegância e sofisticação que um evento social necessita.

E assim a brincadeira continua ... 

Dj Pankeka.

djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka djpankeka